sábado, 10 de janeiro de 2015

Como confecciono placas caseiras

     Post só para matar a curiosidade de alguns de como eu faço minhas placas de circuito caseira, aproveitando que eu estou montando um adaptador para produzir uns cartmod (repro) para o SNES, tirei fotos de como fiz, dou algumas dicas também durante o processo. Legendas nas fotos.

Impressão dos layouts:
exporte do programa de desenho em monocromático e
na impressora, ajuste para papel glossy e melhor qualidade
isso para sair bastante toner, e ajuste para saida mono também
(precisa dizer que só tem toner em impressora laser ?)

Papel glossy que eu usei
(o papel é para inkjet, mas funfa beleza na laser)

Placa e layout já cortados para facilitar a transferência
DICA: eu passo bombril na placa até a mesma ficar brilhando,
não meta o dedo depois disso, fica a digital facilmente nela.
Também tiro as rebarbas da placa para não estragar a plastificadora

Equipamento que uso para transferência: plastificadora Menno 2401
(foi-se o tempo do ferro de passar roupas)

Temperatura no talo, 150° são ideais.
Passei a placa por 12 vezes, não espere entre uma passada e outra,
a ideia é ficar cada vez mais quente para melhor transferência.
O botão frente / reverso nesse modelo ajuda muito nessas horas

Direto para debaixo da torneira

Facilmente se retira o papel

Veja que com apenas uma das mãos eu retiro sem dificuldade

Quase lá ...

Mais um tiquinho ...

e pronto, totalmente retirada de uma só vez

100% do toner transferido

Placa já seca pronto para química

Meu kit de corrosão caseira (sim, era um aquaplay)

Inicio da corrosão, a placa vai ficando rosa

Veja um pedaço ja corroido na borda

Processo de corrosão já pela metade

Depois de totalmente corroida, é meter o bombril na sujeita
para tirar o toner que foi aplicado

Toner totalmente retirado da placa
Serviço de corrosão pronto, agora é furar, cortar e montar =-)

     É isso ai pessoal, parece fácil e é mesmo, rapidinho você produz sua placa caseira, eu documentei essa porque a placa é face simples, as face dupla da para fazer, mas metade do trabalho todo é posicionar o desenho do outro lado da placa no lugar exato, é um saco, mas da para fazer sim, só ter paciência.

     Apesar de eu sempre fazer placas em casa para os protótipos, eu não faço placas finais aqui, eu mando fazer em empresas do ramo, é mais facil, menos dor de cabeça, fica mais caro, mas vem tudo prontinho, testado, com garantia, cortadinho, furado, furos metalizados, layout de componentes impresso, etc .. não tem comparação. Fazer uma placa em casa é só para você testar se fez o desenho certo, mesmo que não fique muito bonita, mas fique funcional, ja está valendo, ai é só mandar o desenho para fazer fora sem medo de não saber se desenhou certo ou se faltou algum ajuste fino depois =-)

Abraço, DABLIO.

5 comentários:

  1. Muito legal , apesar de nunca ter feito este processo já pesquisei bastante como se fazer , e ouvi falar que usar bombril para tirar o toner pode danificar trilhas muito finas e que o mais adequando seria usar Thinner isso confere ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, para o bombril arrancar as trilhas, vc tem que esfregar até cair os dedos =-)) e vc mal passa ele na placa ja tira o toner, mas claro, qualquer produto quimico que o toner dissolva tb é válido.

      Excluir
  2. Olá meus amigos, como é maravilhoso encontrar sites com este seu. Parabéns pelo belo trabalho, já estou seguindo.
    Aproveitando a oportunidade gostaria de compartilhar com você nosso
    blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.

    AGUARDAMOS SUA VISITA

    Atenciosamente

    Josiel Dias
    http://josiel-dias.blogspot.com
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  3. ola amigo queria muito esse layout que usou como exemplo, e parabens essa materia ficou muito boa testei aqui e fiquei impressionado com o resultado

    ResponderExcluir